Sample Sidebar Module

This is a sample module published to the sidebar_top position, using the -sidebar module class suffix. There is also a sidebar_bottom position below the menu.
Login
Register

Sample Sidebar Module

This is a sample module published to the sidebar_bottom position, using the -sidebar module class suffix. There is also a sidebar_top position below the search.
Perguntas Frequentes UREMAX NBPT 500
ptenes
ptenes

COMO FUNCIONA O UREMAX NBPT 500?

 

O UREMAX NBPT 500 minimiza as perdas de N por volatilização, através da inibição da ação da enzima urease, que é responsável pelo desencadeamento de todo o processo de hidrólise da ureia e consequente volatilização do nitrogênio.

O UREMAX NBPT 500 é uma inovação tecnológica que possui alta concentração de NBPT (50% de ingrediente ativo) em embalagens hidrossolúveis para ser diluído e aplicado diretamente no cliente

 

COMO OCORRE A VOLATILIZAÇÃO?

 

Quando o nitrogênio Ureico é aplicado no solo, ele é rapidamente transformado, através da atividade da enzima urease, em amônia, gás carbônico e água. Sendo que a amônia formada volatiliza facilmente.

 

QUAIS AS CONSEQUENCIAS DA VOLATILIZAÇÃO?

 

Perda direta: Dependendo do solo, clima e manejo, as perdas pela degradação (hidrólise) da ureia pela ação da enzima uréase chegam a até 70%.

UREIA – Perdas cumulativas de NH3 após aplicação de ureia em milho – Brasil / 2003 – Fonte: IAC Mooca, Fevereiro 2003 – Dr. Heitor Cantarella


Perda Indireta: É quanto o agricultor vai deixar de colher pela diminuição do nitrogênio absorvido pela planta.  Exemplo: Existem trabalhos de pesquisa indicando perdas desde 500 kg até 1.200 kg/há.

 

O QUE É A UREASE?

 

É uma enzima produzida por microrganismos do solo que facilita a hidrólise (quebra) da molécula de ureia, provocando perdas de nitrogênio para a atmosfera e reduzindo a quantidade de N disponível para a planta.

 

PORQUE A UREIA VOLATILIZA?

 

Quando a ureia é aplicada sobre o solo, ela é rapidamente hidrolisada (reação química que resulta na quebra das ligações) em carbonato de amônio.  O carbonato de amônio é instável e se transforma em amônia e dióxido de carbono. O gás amônia é perdido para a atmosfera. A reação de hidrólise é aumentada com a enzima uréase em cerca de 107 vezes.

 

QUAIS SÃO OS FATORES QUE AFETAM A VOLATILIZAÇÃO?

 

·         Temperatura: Acima de 40 °C, a ação da enzima é potencializada, aumentando a reação de volatilização;

·         Chuva: pequenas quantidades de chuva, não suficientes para incorporação da ureia no solo, incrementam a reação de hidrólise (volatilização);

·         Palha: Quanto maior teor de matéria orgânica, maior concentração da enzima uréase.

·         Vento: Aumenta a difusão do NH3 para a atmosfera;

·          pH: pH ao redor de 5 acelera a reação química de hidrólise da ureia.

 

MECANISMOS DE INIBIÇÃO DO UREMAX NBPT 500

 

O UREMAX NBPT 500 age através da tecnologia de inibição competitiva, ou seja, utiliza-se da molécula de NBPT (n-butil tiofosfato triamida) que mimetiza a molécula da ureia onde a enzima consome o NBPT no lugar da ureia, retardando o processo de hidrólise da ureia, e deixando ela mais tempo disponível.

 

POR QUE USAR UREMAX NBPT 500 E QUAIS AS VANTAGENS?

·         Reduzir perdas de NH3 por volatilização;

·         Reduzir outros efeitos negativos da NH3 (amônia): redução de germinação de sementes, queima das folhas.

·         Maior aproveitamento do nitrogênio aplicado;

·         Melhor aproveitamento do tempo e manejo no solo;

·         Não altera o teor de N e não modifica dureza dos grânulos da ureia;

·         Economia em transporte e armazenagem;

·         Produto sustentável, sem adição de solventes e com utilização racional dos recursos naturais;

·         Alta concentração do produto, com 50% do ingrediente ativo NBPT;

·          Embalagem biodegradável, inerte e hidrossolúvel;

·         Não existe a necessidade de destinação das embalagens, pois não se utiliza contêineres;

·         Maior estabilidade do ingrediente ativo NBPT e aumento da vida útil (shelf life);

 

POR QUE NÃO AUMENTAR A DOSE DE NITROGÊNIO PARA COMPENSAR AS PERDAS?

 

Aplicar uma quantidade maior de ureia ou nitrato de amônio ou sulfato de amônio tem sido a única alternativa para compensar as perdas por volatilização. Para o sulfato de amônio ou nitrato de amônio, os teores de N são menores e, em relação à ureia, quanto mais se aplica, maior a possibilidade de perdas.  O UREMAX NBPT protege a ureia destas perdas, sem a necessidade de dosagens maiores, evitando custos extras.

 

COMO O UREMAX NBPT 500 É APLICADO?

 

O Uremax NBPT500 é comercializado em embalagens hidrossolúveis de 10Kg. Dilui-se a embalagem diretamente em água sob agitação.

A aplicação é realizada a temperatura ambiente e o produto final apresenta baixa viscosidade, não necessitando de custos adicionais de aquecimento ou equipamentos especiais.

 

O UREMAX NBPT 500 E O MEIO-AMBIENTE

 

O Uremax NBPT 500 é um produto sustentável, sem adição de solventes e com utilização racional dos recursos naturais. Esta nova tecnologia apresenta embalagem biodegradável, inerte e hidrossolúvel.

 

USANDO UREAMX NBPT 500, HÁ O INCREMENTO NA PRODUTIVIDADE?

 

A produtividade de uma lavoura é influenciada por diversos fatores agronômicos, mas, quando o único fator limitante para o incremento de produtividade for à perda de nitrogênio por volatilização, a utilização do UREMAX NBPT 500 maximizará os ganhos de produtividade.

 

O USO DO UREMAX NBPT 500 TEM UMA RELAÇÃO CUSTO E BENEFÍCIO FAVORÁVEL?

 

Sim. Somando as perdas diretas e indiretas, o UREMAX NBPT 500 em uma reação custo benefício extremamente favorável, pois representa um seguro para o agricultor quando analisamos custo por hectare.

Comparando-se com outras fontes de nitrogênio (sulfato de amônio e nitrato de amônio), esta relação também é muito favorável à utilização de UREMAX NBPT para manejo com a ureia protegida.
Quando o único limitante é a volatilização da ureia, a relação de custo benefício torna-se ainda mais favorável pela potencialização do aumento de produtividade.

 

RELAÇÂO DOS MILÍMETROS DE CHUVA NECESSÁRIOS PARA CARREGAR A URÉIA PARA DENTRO DO SOLO?

 

A tabela abaixo indica que, mesmo com teores de chuva elevados, há fatores externos que contribuem para as perdas por volatilização:

 

 

 

 

Contato

Rua Lineu Anterino Mariano, 175
Distrito Industrial
CEP: 38.402-346
Uberlândia/MG
Telefone: +55 (34) 3222-0652
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Idioma

ptenes